A forma de pensar, criar e conceber o espaço da Villa das Treliças considerando como primordial pelas arquitetas na concepção e no desenvolvimento da plástica foi a obra do artista plástico Luiz Sacilotto.

02

Nas obras do artista que foram escolhidas estão evidenciados princípios de equivalência entre a figura e o fundo, a relação de igualdade entre cheios e vazios e as contraposições entre positivo e negativo cujo número reduzido de figuras, formadas por intervalos regulares, permitem que as cores destaquem e também suavizem a geometria.

03

A relação da forma construída com o entorno, a composição de cheios (planos de parede e tijolinho) e vazios (transparência do vidro e cobogó) a repetição de pórticos/pergolado que buscam estabelecer uma relação íntima entre exterior e o interior.

01

Neste contexto, os volumes são criados adotando a forma simples do cubo de forma a destacar o entorno, de forma a dialogar todo o tempo com o jardim.

06As características estudadas presentes na obra enfatizam a identidade buscada para arquitetura da Villa das Treliças

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s