Chamamos projeto de arquitetura, estruturas construtivas que se desenvolvem na abordagem de um conceito gerador de forma e composição.

O projeto da casa de Maria Ângela foi criado pensando em uma festa dos sentidos, assim buscamos aguçar a visão e o tato, num jogo de cores e forma, de luz e sombra no contraste de materiais e texturas.

Este jogo de cores e de formas enfatiza a identidade da arquitetura mexicana do arquiteto Barragan, utilizando as formas lineares e o contraste vibrante das cores.

Foram criados blocos perpendiculares interligados por caminhos que são articulados pela forma cúbica, pelos rasgados verticais e pelo contrastes de cores que caracterizam também a setorização do espaço.

Da estrutura existente mantivemos a cobertura, as proporções, a escala e a árvore interrelacionando novas formas com o uso de elementos de transparência que ampliam o espaço interno buscando a integração com o jardim.

Na composição deste jogo lúdico demos nova personalidade a peças antigas, as janelas e portas, a penteadeira, as poltronas e piano objetivando também aguçar os sentidos presentes também no contrastes de materiais como a madeira e o mosaico

Assim o projeto da Vila Amora nome da fruta visa enfatizar o paladar e valorizar a árvore existente busca criar um espaço de arquitetura vivo permitindo o contato direto da casa com a vegetação e com a luz numa festa dos sentidos.

DSC06438

DSC06435

DSC06449

DSC06457

DSC06454

DSC06465

DSC06512
aa

DSC06519

DSC06528

DSC06459

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s