Engana-se quem pensa que os telhados são simples cobertura adequada apenas às necessidades funcionais e climáticas da construção.

Desde o Expressionismo, movimento modernista alemão, as coberturas ganharam importância na composição arquitetônica.

O modernismo marca a relação com o movimento e a expressividade escultória da arquitetura em uma associação direta com a identidade da cobertura projetada pelos arquitetos.

Este dinamismo buscado na arquitetura é relevante na linguagem pós-modernista e nosso telhados são definidores da nossa paisagem.

 

telhadoFazVitoria

telhadocorredorculturacomdefeitos

 

residência

105

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s