Parafraseando o poeta, as janelas são os olhos da arquitetura.

Desde as primeiras conquistas tecnológicas da construção, as janelas passaram a compor uma relação formal que estabelece inúmeros significados na composição da forma.

Significados que agregam valores concretos e simbólicos na intenção do arquiteto e na relação entre a a arquitetura e o urbano.

São elementos que fogem a condição funcional para propor ritmos e harmonias compositivas na linguagem criada.

Fazem parte do nosso cenário urbano a nos vigiar e seus diversos desdobramentos plásticos.

Apresentamos algumas janelas que compõem a nossa cidade.

Cópia de DSC07758

Barroco 2

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

DSC06210

057

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s