Eles são de ferro mas podem ter a leveza da renda.

Os gradis marcaram o século XIX, numa época em que a arquitetura se destacava por seus adornos artesanais.

Com a descoberta das jazidas de ferro e o domínio da técnica de fundição, considerando as mil possibilidades do uso e em diversos formatos, o ferro foi ganhando espaço.

Os gradis chegam ao Brasil no barroco, tornaram-se símbolos do progresso e da modernização.

As casas eram diferenciadas apenas por detalhes, e os gradis eram relevantes para dar o destaque necessário.

Além de permitir a entrada de luz e a circulação do ar, os gradis desde muito tempo enriquecem e ornamentam a arquitetura com seus modelos diversos.

Aqui em Montes Claros temos belas representações desta arquitetura em ferro.

Aprecie pelo olhar da arquiteta Gabrielle Crispim Batista.

215398_492956314095914_1733382342_n

266119_465537553504457_586648201_o

318044_471671012891111_2013001873_n

549812_492955680762644_758039347_n

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s